Arquivo da categoria: Devocional

“Você é crente ? Então eu voto em você !”

Hoje, quando estava indo votar com a minha mãe, ouvi uma pessoa dizer: “Não importa quem seja, se é crente, EU VOTO!”. E eu fiquei indignado com isso. Hoje em dia, só porque fulano é evangélico temos que votar nele, errado, muitos acabam por não serem chamados para tal função, se deixam levar pela soberba, pelo orgulho, e até mesmo esquecem de Deus.

Pense bem, não jogue seu voto fora ! Não vote em A ou B só porque é crente. Infelizmente temos muitos crentes envergonhando o nome de Cristo no meio político.

VOTE CONSCIENTE HOJE !

Sola Gratia
Matheus Bastos.

Pelo quê você vive?

“Louvarei o SENHOR enquanto eu for vivo, enquanto viver, cantarei hinos a meu Deus”

(Salmo 146.2).

Quem sou eu? pelo quê vivo? para onde irei?
Em alguns momentos da vida, já fizemos algumas dessas perguntas a nós mesmos, mas hoje quero ser enfático na segunda pergunta: Pelo quê eu vivo?”

Tenho certeza que algumas pessoas vivem para o trabalho, outras vivem para os filhos, outras para os estudos, e algumas poucas (atrevo-me a completar), vivem para Deus.
A vida de Paulo, o apóstolo, é um exemplo; no livro de Atos dos Apóstolos (Bíblia), vemos uma declaração dele: “Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus” (At 20.24). Vemos aqui o exemplo mais concreto de amor à Cristo, como o próprio Cristo declara em Mateus 10.39: “Quem procura os seus próprios interesses nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo, porque é meu seguidor, terá a vida verdadeira”. Vemos então, o amor de Paulo ao evangelho de Jesus Cristo, vemos sua dedicação e seu empenho por esta tarefa.

Com um exemplo destes, é realmente triste ver como ainda existem pessoas que dizem viver para Deus, mas não fazem nada para Ele.

Hoje, Cristo e eu, te convidamos a participar de uma vida íntegra e exclusivamente dedicada a Deus. Vamos trabalhar juntos e louvar a Deus por toda  a nossa vida, e quando nos perguntarem: “Pelo quê você vive?”, diremos: “Vivo para servir e louvar a Deus por toda a minha vida!”

“[…] Porque que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece” (Tiago 4.14b).

Soli Deo Gloria,
Matheus Bastos.

Publicado também em http://www.cleisonbrugger.blogspot.com

Deus, Sua vontade e nossas escolhas

“Seja forte e lutemos com bravura pelo nosso povo e pelas cidades do nosso Deus. E que o Senhor faça o que for de sua vontade” (2Sm 10.12).

Em ritmo de eleições, temos visto tantas propostas políticas que vão contra os princípios da nossa fé, e, por conseguinte, contra a Bíblia. um exemplo disto é o PNDH-3, que parece ser muito bom aos olhos de quem entende, mas na verdade é muito perigoso. Mediante a tudo isto que está para acontecer (e creio eu que deve acontecer), pergunto: “O que fazer? .. Orar? Clamar? ou aguardar e fazer a vontade de Deus?”

Devemos fazer as 4 opções. Devemos ser fortes e clamar como diz em 2Cr 7.14 “[…]se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.”

O povo de Deus deve se unir, clamar pela nação, lutar e ser forte! Mas tudo conforme a vontade dEle, o querer dEle.

“Sejamos forte e lutemos com bravura pelo nosso povo e pelas cidades do nosso Deus. E que o Senhor faça o que for de sua vontade.”

Devemos orar, lutar, batalhar pela nossa nação, mas nunca se esquecendo de que Deus fará o que Ele bem entender, fará o que Lhe apraz.

Deus enviou Seu filho à esta terra para nos salvar, mediante Sua boa vontade, mediante o Seu querer.

“[…]que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai.” Gl 1.4

Graça e Paz,
Matheus Bastos.

“Eu não SENHOR, envia outro…!”

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.” Mc 16.15
“[…]e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados?” Rm 10.14b-15

Recentemente ouvi a oração de um pastor em que ele dizia: “SENHOR abençoa a vida dos integrantes do departamento de missões, que o SENHOR possa enviar ELES para fazerem a Tua obra. Leva ELES até as pessoas que precisam ouvir a Tua Palavra“.

Oração bonita, concorda !? Eu não ! Porquê ? Pelo simples fato de NÓS rejeitarmos o fato de termos de IR e PREGAR o Evangelho a TODA criatura. Ficamos nessa de “SENHOR, abençoa ELES, capacita ELES, envia ELES, sê com ELES...” e nunca oramos: “SENHOR, ME abençoa, ME capacita, ME envia, sê COMIGO…” Ficamos na expectativa de que o departamento de missões da igreja têm de fazer tudo e nós nada.

Quando NÓS, Igreja do SENHOR, iremos fazer alguma coisa por amor daqueles que precisam ouvir a Palavra ?

“Vós NÃO ME escolhestes a mim, MAS EU vos escolhi a vós, e vos DESIGNEI, para que VADES e DEIS frutos, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.” Jo 15.16

É difícil de entender esses versículos ?! Vamos tomar alguma providência. Não espere que o departamento de missões de sua igreja local faça aquilo que você deveria fazer.

“Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas” Rm 10.15
“Quão formosos sobre os montes são os pés do que anuncia as boas-novas, que proclama a paz, que anuncia coisas boas, que proclama a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!” Is 52.7


Soli deo Gloria

Graça e Paz,
Matheus Bastos.